Revista Sucesso

Atualizado em 10/07/2017

Educação

Vencendo o medo

“O temor do SENHOR é fonte de vida para evitar os laços de morte.”  Provérbios 14.27

Da redação

O que estava ruim ficou pior! Tem sido uma expressão recorrente para nós como povo brasileiro. A descrença, a decepção e a desconfiança têm feito parte do nosso dia a dia. Isto tem nos causado insegurança, medo, pavor; até onde isso tudo pode chegar, é a nossa inquietação. O medo tem se instalado em nossas vidas. Medo do desconhecido, do amanhã, do que não temos domínio. Ao pesquisar na rede descobri que “medo é um sentimento de grande inquietação ante a noção de um perigo real ou imaginário, de uma ameaça; pavor, temor, terror. Medo é uma reação obtida a partir do contato com algum estímulo físico ou mental (interpretação, imaginação, crença) que gera uma resposta de alerta no organismo. Esta reação inicial dispara uma resposta fisiológica no organismo que libera hormônios do estresse (adrenalina, cortisol) preparando o indivíduo para lutar ou fugir, portanto o medo também pode ser benéfico. Se não fosse pelo medo, atravessaríamos a rua sem olhar para os lados, desceríamos escadas correndo pelo prazer da emoção, frequentaríamos irresponsavelmente lugares perigosos, etc.; por isso o medo também se torna um inimigo protetor livrando-nos de perigos e situações de risco”.

Alguém disse que nossas vidas são feitas de muitos acontecimentos terríveis, sendo que a maioria deles nunca acontece. Muitos medos são gerados em nossa imaginação.

E o que fazer diante de um quadro que nos parece desesperador e incontrolável? Somos seres frágeis, mas humanos, dependentes de uma força maior para enfrentarmos bem a vida com todos os medos que ela nos apresenta. A nossa única saída é apelarmos para o sobrenatural, para o metafísico. Em 1 João 4.18 diz: “No amor não existe medo; antes o perfeito amor lança fora o medo”. O perfeito amor nós o conhecemos no texto de 1 João 4.16: “E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele”.

A única saída para superarmos o medo é nos ligarmos a Deus, ligarmos àquele que tem o domínio sobre todas as coisas. No texto base diz que: “O temor do SENHOR é fonte de vida para evitar os laços de morte”. Muitos definem a palavra temor como medo, mas em se tratando de Deus podemos defini-la como respeito, reverência, devoção. Quando o medo e os laços de morte vierem e com certeza eles virão, o escape é nos voltarmos para Deus e confiar no seu poder e soberania buscando o domínio sobre o desconhecido.

Neste momento desafiador por que passamos devemos buscar em Deus, o único ser totalmente confiável, a nossa segurança e confiança de que viveremos dias melhores. Nosso país será melhor depois de atravessarmos esta tempestade inimaginável. Deus é o reto juiz e está no controle de todas as coisas.

                                                   
João Luis Simoneti
Pastor da Igreja Presbiteriana Independente Filadélfia de Londrina

> Veja mais textos do colunista aqui

vencendo o medo, medo, fé, Deus, confiança em Deus, Editora Sucesso, Revista Sucesso, Revista Bem-estar
Mais lidas
  1. Soluções inteligentes e funcionalidade
  2. Educação Infantil: um mundo de descobertas
  3. Cuidar das articulações garante vitalidade
  4. Ouvir bem é vida
  5. Disfunção eréctil: será que vou ter?
Leia também
  1. Leitura na adolescência estimula a criatividade...
  2. Aprimorar os conhecimentos estudando em casa é...
  3. UNICEF alerta para o risco de aumento do trabalho...
  4. Como a escola pode contribuir para conter a...
  5. Férias escolares, os riscos de acidentes e como...